× Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Márcio Moraes
no leito solidário de uma floresta altiva descansem por favor a minha poesia
Livros à Venda
Uma ponta de Iago
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
978-65-00-94526-3
Ano:
2024
Páginas:
45
I.S.B.N.:
978-65-00-94526-3
Tipo:
e-book
Preço:
R$ 14,90
Sinopse:
O Livro "Uma ponta de Iago" traz uma leitura da obra "Dom Casmurro", de Machado de Assis. No estudo, o leitor encontrará uma breve biografia do autor, a contextualização histórico-cultural, uma síntese do enredo, características literárias e reflexões temáticas. Após o estudo, seguem questões exclusivas para fixação e, logo em seguida, o gabarito comentado. Uma análise literária fundamental para estudantes de Letras e para quem visa a vestibulares e concursos.
 
Um certo Miguilim e um mundo cheio de preás
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
M.A.S.Moraes
Ano:
2024
Páginas:
79
I.S.B.N.:
978-65-00-90532-8
Tipo:
e-book
Preço:
R$ 24,90
Sinopse:
O Livro "Um certo Miguilim e um mundo cheio de preás" traz um resumo e leitura crítica das obras indicadas para o Concurso Público para admissão ao Curso de Formação de Soldados (CFSd - 2024) de Minas Gerais, a saber: "Vidas secas", de Graciliano Ramos, e "Campo geral", de Guimarães Rosa.Nos estudos, o leitor encontrará uma breve biografia dos autores, a contextualização histórica e literária, uma síntese do enredo, as principais características e reflexões temáticas. Após os estudos, serão apresentadas questões propostas para fixação e, logo em seguida, o gabarito comentado.

Em Montes Claros, compre a versão impressa por R$25,00 na BookHouse, Rua Dom João Pimenta, 300, Centro.
 
Travessias: secas e veredas e estrelas
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
M.A.S.Moraes
Ano:
2023
Páginas:
140
I.S.B.N.:
978-65-00-81900-7
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 25,00
Sinopse:
Este livro traz uma leitura crítica de "Vidas Secas", de Graciliano Ramos, "Grande sertão: veredas, de Guimarães Rosa, "A hora da estrela", de Clarice Lispector; obras indicadas para o Processo Seletivo da Universidade Estadual de Montes Claros 1/2024 e 2/2024. Nos estudos, o leitor encontrará uma breve biografia dos autores, a contextualização histórica e literária, uma síntese do enredo, as principais características e reflexões temáticas. Após todos os estudos, serão apresentadas questões propostas para fixação e, logo em seguida, o gabarito comentado.
 
Ler-se(r)
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
M.A.S.Moraes
Ano:
2016
Páginas:
120
I.S.B.N.:
978-85-920744-2-5
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 25,00
Sinopse:
OBRA INDICADA PARA O VESTIBULAR PAES/UNIMONTES 2018 (Primeira Lista)
OBRA INDICADA PARA O VESTIBULAR DO IFNMG 1/2018 e 2/2018

Depois de publicados cinco livros de poemas, "Ler-se(r)" é o primeiro livro de prosa de Márcio Moraes, o qual talvez traz mais poesias que suas poesias. São texto que brotaram de momentos singulares da vida. Instantes de reflexões sobre o estar no mundo e o mundo em seu estado de estar. Escritas de encontros e desencontros. Relatos imagéticos e devaneados a partir de conversas entre amigos. Muitos publicados anteriormente, entre os anos de 2007 e 2010 no jornal "O Norte", em Montes Claros. Boa parte deles receberam adaptações. Segundo Olden Hugo, "A leitura de Ler-se(r) nos desvela segundos recortados no tempo, chronos, crônica, horas de sensações bem sentidas, a foto de um fato, dias de escrita e apagamento, décadas de sentimentos decantados, anos, anos e anos, talvez séculos, de construção de um escritor".
 
Trovaecia
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
Edição do Autor
Ano:
2016
Páginas:
104
I.S.B.N.:
978-85920744-0-1
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 20,00
Sinopse:
"Trovaecia" é um conjunto de trovas e poesias. Um livro que leva uma tipografia de máquina de escrever, incorporando um estilo vintage. O livro pode ser lido a partir da Capa (Trova) ou da Contracapa (Cia). Uma obra escrita especialmente para celebrar os trinta anos do Salão Nacional de Poesia Psiu Poético. Lançando em 2 de março de 2016 na Casa das Rosas, na Av. Paulista, São Paulo - SP, "Trovaecia" tem a pretensão de provocar com seus poemas curtos e reflexivos.
 
assim alado
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
Catrumano
Ano:
2011
Páginas:
88
I.S.B.N.:
978-85-64471-08-5
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 20,00
Sinopse:
É com muita surpresa que se recebe o “assim alado” do poeta Márcio Moraes, uma escritura inteligente, bem pensada. O que quer o poeta Márcio Moraes com o seu assim alado? O poema “al fa be to” insinua um caminho: amo letras/ faço alfa/beleza estética/ término ômega”. No poema “literatura”, aliás com grande intensidade dramática, o sujeito poeta questiona a validade da poesia e da literatura, faz-se presente o poeta-professor de literatura, no seu ofício se debatendo com a “in-utilidade” da literatura.O que o poeta tem a dizer? É a reflexão do poema “tudo já foi dito”, que responde: “ ainda bem/não é permitido /dizer/tudo”. É sobretudo um livro provocativo. Percebe-se o cuidado em trazer poesia e pensamento juntos, sem haver algum prejuízo das partes. Não é uma releitura e diálogo ingênuos com o simbolismo de Cruz e Souza, nem tampouco há uma gratuidade na evocação de Augusto dos Anjos, dos modernistas ou dos concretistas. Moraes, de fato, é provido de consciência artística. O assim alado, seu terceiro projeto; configura-se como um livro, dotado de asas, que se movimentam com delicadeza, com leveza; graça, elegância e também, com a necessária gravidade, atingindo suas múltiplas expansões. Na sua potencialidade inventiva, dos encontros múltiplos, situa-se em uma espécie de devir-poético. (Marli Fróes in.: Prefácio do livro)
 
Enlace
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
M.A.S. Moraes
Ano:
2012
Páginas:
54
I.S.B.N.:
978-85-914114-1-2
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 10,00
Sinopse:
Uma história de amor cantada em versos. Uma verdadeira epopeia amorosa entre amados: Micaele e Márcio. Um livro que conta de forma poética os antecedentes, o namoro, o noivado e o enlace.

Um livro escrito pelo amado à amada...
 
Rosarium
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
M.A.S.Moraes
Ano:
2017
Páginas:
60
I.S.B.N.:
9788592074449
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 10,00
Sinopse:
Este livro, Rosarium, é a reprodução genuína da segunda parte de Via Crucis, que faço publicar em edição única. Seguem os sonetos que trazem uma leitura poética dos mistérios da vida de Jesus. Com os poemas, espero transmitir a santa fé católica de forma lírica e também, aos moldes dos sacerdotes quinhentistas, de forma pedagógica. Os poemas foram ilustrados com pinturas de artistas do século XV ao XIX, principalmente das escolas Renascentista e Barroca. Todos os títulos foram grafados em latim, a língua do Rito Romano da Igreja Católica. Como afirmou João Paulo II, o Rosário é o âmago da oração cristológica, “concentra a profundidade de toda a mensagem evangélica, da qual é quase um compêndio. (...) Com ele, o povo cristão frequenta a escola de Maria, para deixar-se introduzir na contemplação da beleza do rosto de Cristo e na experiência da profundidade do seu amor. Mediante o Rosário, o crente alcança a graça em abundância, como se a recebesse das mesmas mãos da Mãe do Redentor” (João Paulo II, “Rosarium Virginis Mariae”).
 
Via Crucis
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
Expressão e Arte
Ano:
2009
Páginas:
83
I.S.B.N.:
978-85-88423-94-7
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 20,00
Sinopse:
Nenhum homem é uma ilha, nos lembra o célebre verso de John Donne. A poesia de Via Crucis, de Márcio Moraes, celebra os estiramentos dos encontros possíveis "encarnados" na amizade, no erotismo refinado e alegre de "No Hall" ("na nuca trigueira os cabelos lisos"), no humor magistral do poema escatológico intitulado "Cagada", na homenagem aos poetas brasileiros que precederam o Modernismo (Casimiro de Abreu, Álvares de Azevedo, Junqueira Freire, Gonçalves Dias, Cruz e Sousa e Augusto dos Anjos), todos comparecendo numa intrincada teia discursiva sumarizada em um único soneto "Gerações". Se palavra puxa palavra, como dizia Drummond, no lirismo plural do poeta de Montes Claros "um olho puxa o olhar puxado do outro". Talvez ai, nesse momento efusivo que a lírica propicia, poderíamos abrir novas apostas ao hospedar uma poética consciente de seu não-lugar. Não poderíamos esquecer de abrigar o Mysterium do infinitamente Outro que perfaz a segunda parte do livro intitulada "Rosarium". Nesse fecho, vê-se uma cadeia de sonetos que toca, talvez de maneira ainda mais pungente, os leitores que têm especial apreço pela "boa nova" da vinda de Jesus, sua vida e ressurreição. (Rodrigo Guimarães, poeta e professor Doutor de Literatura)
 
Genuíno
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
Unimontes
Ano:
2007
Páginas:
103
I.S.B.N.:
978-85-7739-061-8
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 20,00
Sinopse:
O poema é a forma excelsa de se manifestar os sentimentos. A poesia que imerge ou emerge em nós. As palavras não querem dizer nada. As leituras das palavras é que dizem alguma coisa. Palavras sem olhos são borrões que podem estar em estantes límpidas ou em caixotes. Mas ler só palavras ainda é pouco. Aquele que lê só com os olhos da face não enxerga muitas coisas. É preciso atenção para descobrir sentidos encobertos e palavras camufladas como bons soldados. Escrever é fácil, difícil é inscrever. Um poema pode nascer mais idoso que seu criador e tornar-se mais jovem com o passar dos dias. O poema está sujeito a intempéries que muitas vezes transformam-no completamente. Genuíno começou a ser escrito em 1997. Dez anos depois está aqui, reformulado e reformado, nos moldes de uma forma poética segura. Fruto dos dias de um poeta visionário que só almeja escrever, na poesia da vida, versos que perpetuem, para sempre, a sua memória. (Márcio Moraes)
 
A palavra-vida de um corpo quedo
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
Do Autor
Ano:
2016
Páginas:
64
I.S.B.N.:
978-85-920744-1-8
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 20,00
Sinopse:
Este livro traz uma leitura da obra Feliz ano velho, de Marcelo Rubens Paiva. O propósito deste estudo é fornecer, de forma objetiva e clara, respaldo literário para leitores que visam a provas de Vestibular, além de contribuir para a fortuna crítica de Marcelo Rubens Paiva. Este trabalho, em nenhuma hipótese, substitui a leitura integral do livro. Pelo contrário, é um complemento, uma forma didática de guiar a leitura para uma melhor compreensão temática do texto. Neste estudo, o leitor encontrará uma breve biografia do autor, a contextualização histórica e literária, a síntese do enredo, as principais características da obra e reflexões temáticas, destacando a memória, a ditadura e a palavra.
 
O verbo mulher
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
M.A.S. Moraes
Ano:
2017
Páginas:
100
I.S.B.N.:
978-85-920744-6-3
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 20,00
Sinopse:
Este livro traz uma leitura das obras indicadas para o Programa de Avaliação Seriada para Acesso ao Ensino Superior (PAES) da Universidade Estadual de Montes Claros, 2ª Etapa do ano 2017. O propósito deste estudo é fornecer, de forma objetiva e didática, respaldo literário para os alunos que visam ao vestibular, proporcionando o conhecimento necessário para o êxito nas questões referentes às obras indicadas. Nos estudos, o leitor encontrará uma breve biografia dos autores, a contextualização histórica e literária, a síntese de enredos, as principais características da obra e reflexões temáticas. Ao final das análises, foram propostas questões para fixação com gabarito comentado. Todas as obras trazem um olhar em torno do feminino, visto através de diferentes épocas, linguagens e percepções. Portanto, o discurso intertextual entre os textos é fundamental, além do diálogo entre literatura e outros sistemas semióticos. Obras analisadas: "A moreninha", de Joaquim Manuel de Macedo; "Inocência", filme de Walter Lima Junior; "Beatriz" e "Mulheres de Atenas", de Chico Buarque; "Uma senhora" e "A mulher de preto", de Machado de Assis"; "O nascimento de Vênus", de Sandro Botticelli e Di Cavalcanti.
 
O olhar do outro no íntimo do eu
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
M.A.S.Moraes
Ano:
2019
Páginas:
108
I.S.B.N.:
9788592074494
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 20,00
Sinopse:
Este livro traz uma leitura das obra indicadas para o Programa de Avaliação Seriada para Acesso ao Ensino Superior (PAES) da Universidade Estadual de Montes Claros, 3ª Etapa do ano 2019. Nos estudos, o leitor encontrará uma breve biografia dos autores, comentário de enredos, as principais características da obra e reflexões temáticas. Ao final, estão propostas questões para fixação com gabarito comentado.
 
A palavra drama na cor(a)som do infante
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
M.A.S. Moraes
Ano:
2017
Páginas:
96
I.S.B.N.:
978-85-920744-5-6
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 20,00
Sinopse:
Este livro traz uma leitura das obras indicadas para o Programa de Avaliação Seriada para Acesso ao Ensino Superior (PAES) da Universidade Estadual de Montes Claros, 1ª Etapa do ano 2017. O propósito deste estudo é fornecer, de forma objetiva e didática, respaldo literário para os alunos que visam ao vestibular, proporcionando o conhecimento necessário para o êxito nas questões referentes às obras indicadas. Nos estudos, o leitor encontrará uma breve biografia dos autores, a contextualização histórica e literária, a síntese de enredos, as principais características da obra e reflexões temáticas. Em todas as obras analisadas se avulta o tema da infância, em diferentes épocas, linguagens e percepções. Portanto, o discurso intertextual entre os textos é fundamental, além do diálogo entre a literatura e outros sistemas semióticos. O leitor, portanto, deverá se atentar não só para o texto escrito, mas para imagens, sons, movimentos de câmara, expressões corporais, traços e símbolos. Com isso, o leitor terá a oportunidade de interagir com outros códigos de linguagem e, consequentemente, envolver-se com outras artes. Obras analisadas: "Meu pé de laranja lima", de José Mauro de Vasconcelos; “Meus oito anos”, de Casimiro de Abreu; “Infância”, de Carlos Drummond de Andrade; “Minha infância”, de Cora Coralina; “Meu guri”, de Chico Buarque de Holanda; “Meninos soltando pipas”, de Candido Portinari; "Cidade de Deus", direção de Fernando Meirelles.
 
Atando as pontas entre amores e dores
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
M.A.S.Moraes
Ano:
2019
Páginas:
112
I.S.B.N.:
9788592074487
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 20,00
Sinopse:
Este livro traz uma leitura das obra indicadas para o Programa de Avaliação Seriada para Acesso ao Ensino Superior (PAES) da Universidade Estadual de Montes Claros, 2ª Etapa do ano 2019. Nos estudos, o leitor encontrará uma breve biografia dos autores, a contextualização histórica e literária, o enredo comentado, as principais características da obra e reflexões temáticas. Ao final das análises, foram propostas questões para fixação com gabarito comentado. As obras analisadas são: Dom Casmurro, romance de Machado de Assis; São Bernardo, romance de Graciliano Ramos; Lira dos vinte anos, poesias de Álvares de Azevedo; Faltando um pedaço, música de Djavan; Arrufos, pintura de Belmiro de Almeida.
 
Ceifando vidas e semeando letras
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
M.A.S.Moraes
Ano:
2014
Páginas:
72
I.S.B.N.:
978-85-914114-7-4
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 20,00
Sinopse:
Este livro traz uma leitura do livro Alguma literatura, de João Caetano Canela, e do filme A menina que roubava livros, dirigido por Brian Percival. As crônicas do escritor montes-clarense revelam a poesia de uma Montes Claros de outrora. Marcados pelo saudosismo de um tempo que não volta mais, os textos de Caetano resgatam instantes de sua vida que revelam ensinamentos e despertam a nossa sensibilidade. Reflexões sobre a vida e a sociedade são escritas com uma linguagem bem elaborada que valoriza tanto o conteúdo quando a forma literária. No filme, a história de uma ladra de livros nos retorna a Segunda Guerra Mundial. Não da forma que aprendemos na História, mas a partir do olhar sensível de uma menina que descobre a grandiosidade das palavras numa Alemanha nazista. Guiando o nosso olhar está a Morte que, surpreendentemente, no filme nos ensina como viver. Nos estudos, o leitor encontrará uma breve biografia dos autores, a síntese da Segunda Guerra Mundial, do filme e das crônicas; características histórico-literárias; além de reflexões temáticas. Como este livro tem a pretensão de orientar a leitura de vestibulandos, após as análises de cada obra, seguem apresentadas questões propostas para fixação com seus respectivos gabaritos comentados. Este trabalho, em nenhuma hipótese, substitui a leitura integral das obras. Pelo contrário, é um complemento, uma forma didática de guiar a leitura para uma melhor compreensão das crônicas e do filme.
 
A palavra-colônia em prosa-verso e cenas
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
M.A.S.Moraes
Ano:
2019
Páginas:
96
I.S.B.N.:
978-85-920744-7-0
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 20,00
Sinopse:
Este livro traz uma leitura das obras indicadas para o Programa de Avaliação Seriada para Acesso ao Ensino Superior (PAES) da Universidade Estadual de Montes Claros, 1ª Etapa do ano 2019. Nos estudos, o leitor encontrará uma breve biografia dos autores, a contextualização histórica e literária, a síntese de enredos, as principais características da obra e reflexões temáticas. Ao final das análises, foram propostas questões para fixação com gabarito comentado. As obras analisadas são: "Ubirajara", romance de José de Alencar; "História da Província de Santa Cruz", crônica de Pero de Magalhães Gândavo; "O Guarani", filme de Norma Benguell; "Desembarque de Cabral", pintura de Oscar Pereira da Silva; "Seleção de Obras Poéticas", poesias de Gregório de Matos.
(FRETE PARA TODO BRASIL: R$2,50)
 
Passaportes: viagens guiadas por Lygia Fagundes Telles e Fernando Bonassi
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
M.A.S.Moraes
Ano:
2014
Páginas:
72
I.S.B.N.:
978-85-914114-6-7
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 20,00
Sinopse:
Este livro traz uma leitura dos livros Passaporte para China: crônicas de viagem (2011), de Lygia Fagundes Telles e Passaporte: relatos de viagem (2001), de Fernando Bonassi. Escritores da dita pós-modernidade, ambos, cada qual com seu estilo, nos proporcionam experiências de alteridade e de reflexões críticas acerca do Brasil e de outros países. Em Lygia, percebemos o olhar de uma mulher sensível a uma China em transição. Em Bonassi, lemos uma sociedade fragmentada, marcada pelo capitalismo. Propusemos uma leitura separada de cada obra, focando aspectos temáticos como a sensibilidade no olhar de Lygia Fagundes Telles em Passaporte para China, e as filmagens urbanas da câmera afiada de Fernando Bonassi em Passaporte. Nos estudos, o leitor encontrará uma breve biografia dos autores, a contextualização histórico-literária, as características individuais de cada escritor, além de reflexões temáticas. Como este livro tem a pretensão de orientar a leitura de vestibulandos, após as análises de cada obra, seguem apresentadas questões propostas para fixação com seus respectivos gabaritos comentados. Este trabalho, em nenhuma hipótese, substitui a leitura integral das obras. Pelo contrário, é um complemento, uma forma didática de guiar a leitura para uma melhor compreensão destas belas viagens.
 
O humano insano e as palavras do infante em Guimarães Rosa e Clarice Lispector
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
Márcio Adriano Silva Moraes
Ano:
2014
Páginas:
64
I.S.B.N.:
978-85-914114-5-0
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 20,00
Sinopse:
Este livro traz uma leitura dos contos “Sorôco, sua mãe, sua filha” e “A menina de lá”, de João Guimarães Rosa, os quais integram o livro Primeiras estórias (1962); e “Felicidade Clandestina”, de Clarice Lispector, primeiro conto do livro homônimo, Felicidade Clandestina, publicado em 1971. Contemporâneos entre si, Rosa e Lispector foram amigos e correspondentes literários. O universo infantil, questionamentos existenciais, a força reveladora da palavra são alguns dos assuntos abordados por ambos. Propusemos uma leitura separada de cada conto, focando aspectos temáticos como a loucura em “Sorôco, sua mãe, sua filha”; a palavra-milagre do infante em “A menina de lá”; a travessia em “Felicidade Clandestina”, além de outras abordagens. Nos estudos, o leitor encontrará uma breve biografia dos autores, a contextualização histórico-literária, as características individuais de cada escritor, além das reflexões temáticas. Como este livro tem a pretensão de orientar a leitura de vestibulandos, após as análises de cada conto, seguem apresentadas questões propostas para fixação com seus respectivos gabaritos comentados. Ressaltamos que este trabalho não tem o propósito de encerrar todas as análises possíveis das obras. Isso é praticamente impossível. Afinal, o campo literário é vastíssimo como o sertão de Guimarães Rosa, “do tamanho do mundo”.
 
A cor do subúrbio em Clara dos Anjos
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
Márcio Adriano Silva Moraes
Ano:
2014
Páginas:
80
I.S.B.N.:
978-85-914114-4-3
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 20,00
Sinopse:
Este livro traz uma análise da obra Clara dos Anjos, de Lima Barreto, indicada para vários vestibulares. O propósito deste estudo é fornecer, de forma objetiva e clara, respaldo literário para os alunos que visam a vestibulares, além de contribuir para a fortuna crítica de Lima Barreto. Este trabalho, em nenhuma hipótese, substitui a leitura integral da obra. Pelo contrário, é um complemento, uma forma didática de guiar a leitura para uma melhor compreensão das temáticas do texto. Neste estudo, o leitor encontrará uma breve biografia do autor, a contextualização histórica e literária, as principais características da obra, estrutura e reflexões temáticas, destacando o subúrbio, o malandro, os preconceitos, a literatura e a música.
 
A cor negra da canção dos anjos
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
Márcio Adriano Silva Moraes
Ano:
2013
Páginas:
200
I.S.B.N.:
978-85-914114-3-6
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 20,00
Sinopse:
Este livro traz um estudo das obras indicadas para o Processo Seletivo da Unimontes 1/2014 e 2/2014. São elas: “O navio negreiro” e “A canção do africano”, poemas Castro Alves; Negrinha, conto de Monteiro Lobato; Clara dos Anjos, romance de Lima Barreto; Clara dos Anjos: história em quadrinho, de Wander Antunes e Marcelo Lelis; e A cor púrpura, filme dirigido por Steven Spielberg. Em cada análise, o leitor encontrará uma breve biografia do autor, a contextualização histórica e literária, as principais características da obra e reflexões temáticas. Ao término dos estudos, estão propostas questões de fixação com gabarito comentado.

Tendo caráter ensaístico, cada estudo recebeu um título temático específico: Da nau à senzala: uma leitura dos poemas “O navio negreiro” e “A canção do africano”, de Castro Alves; Uma infância sem boneca: a consciência do ser em Negrinha, de Monteiro Lobato; A cor do subúrbio em Clara dos Anjos, de Lima Barreto; Quadros do subúrbio em Clara dos Anjos, de Lima Barreto: história em quadrinhos; A travessia feminina da cor: uma leitura do filme A cor púrpura, de Steven Spielberg.

A temática que impera em todas as obras é “o negro”, mais precisamente a condição da mulher negra do final do século XIX até meados do século XX, sujeita a violências e preconceitos em decorrência de sua raça e condição social.
 
Estudo Sólido de Literatura
Autor: 
Márcio Adriano Moraes
Editora:
Márcio Adriano Silva Moraes
Ano:
2013
Páginas:
232
I.S.B.N.:
978-85-914114-2-9
Tipo:
impresso
Preço:
R$ 20,00
Sinopse:
Este caderno traz a síntese das obras indicadas para a Universidade Estadual de Montes Claros com comentários temáticos e questões com gabaritos comentados. O propósito deste estudo é fornecer, de forma objetiva e clara, respaldo literário para os alunos que visam ao vestibular da Unimontes, proporcionando o conhecimento necessário para o êxito nas questões referentes às obras literárias indicadas.

As obras analisadas neste livro são: "A alma encantadora das ruas", de João do Rio; "Claro Enigma", de Carlos Drummond de Andrade; "A hora da estrela", de Clarice Lispector; "Nós e os outros: histórias de diferentes culturas, Marisa Lajolo (org.); "Cartas para Mariana", Osmar Pereira Oliva.

Com a leitura das cinco obras indicadas, o leitor perceberá que o tema que perpassará todas elas é a alteridade, o diálogo entre um “eu” e o “outro”. Isso ocorrerá em várias instâncias, desde filosóficas a culturais. Em Drummond, leremos reflexões existencialistas; em João do Rio, o contraste social do início do século XX; em Clarice Lispector, a psicológica interação entre o criador e criatura; em Marisa Lajolo, a pluralidade cultural; e, por fim, em Osmar Oliva, as múltiplas vozes e diálogos.